A dança dos charts: Katy Perry e Taylor Swift

Alcançando o sucesso nas paradas musicais quase que ao mesmo tempo (entre 2008 e 2009), Taylor Swift e Katy Perry tornaram-se boas amigas, trocando mensagens de carinho e admiração no Twitter e posando juntas em diversos eventos. Entretanto, uma briga por dançarinos em 2013 colocou em hiatus esta amizade, tornando o que antes eram mensagens de carinho em indiretas dolorosas:

Watch out for the Regina George in sheep’s clothing…

— KATY PERRY (@katyperry) 9 de setembro de 2014

Fazendo uma referência ao filme Garotas Malvadas (Mean Girls), Katy diz: “Cuidado com a Regina George em pele de carneiro”. Apesar de não marcar a ex-amiga, a cantora deu a entender que o tweet teria sido direcionado à Taylor Swift, que na época estava finalizando os preparativos para o lançamento de seu quinto álbum de estúdio, o 1989, ganhador do Grammy de Melhor Álbum Pop Vocal e Álbum do Ano.

Quando ainda eram amigas, ambas desfrutavam carreiras de sucesso, com álbuns e singles no topo das principais paradas musicais, incluindo a marca de manter um álbum por mais de 200 semanas na Billboard 200, Taylor com o Fearless (2008) e Katy com o Teenage Dream (2010).

O Teenage Dream foi trabalhado de 2010 até 2012, através de um relançamento do disco contendo faixas bônus, o Teenage Dream: The Complete Confection, e fez história na indústria musical ao se tornar o segundo álbum pop com 5 singles no topo da Billboard Hot 100, atrás apenas de Michael Jackson. Estima-se que o álbum tenha vendido aproximadamente 8 milhões de cópias, e os singles derivados do trabalho, 50 milhões.

Enquanto isso, Taylor Swift emplacou dois álbuns no mesmo espaço de tempo, Speak Now (2010) e Red (2012) e participou também de diversas premiações ao vivo com o seu segundo álbum de estúdio, o Fearless (2008). Indicado a 7 categorias no Grammy,  rendeu 4 estatuetas para a cantora, incluindo Álbum do Ano e Melhor Álbum Country. Taylor Swift, então, iniciou a sua coleção de Grammys. Além de fazer sucesso com os críticos, seus álbuns foram bem recebidos pelo grande público, com singles como “You Belong With Me” e “Mean” dominando as paradas musicais.

Taylor-Swift-Grammys-Song-of-the-Year-Award-Winner-e1455606746354

Em sua era seguinte, Katy utilizou a richa com Taylor para promover o álbum novo, Witness (2017). Além de falar sobre mágoas e ressentimentos em diversas entrevistas, a cantora lançou uma canção sobre karma para divulgá-lo.

O karma realmente não é mentiroso, e o Witness acabou passando despercebido em seu lançamento, pois Taylor liberou toda a sua discografia no Spotify no dia de sua estreia, a fim de ofuscar a ex-amiga, que amargou baixas vendas e duras críticas ao seu trabalho atual.

Logo em seguida, Swift anunciou o Reputation (2017), seu sexto álbum de estúdio, e o segundo totalmente pop de sua carreira. O álbum vendeu 2 milhões de cópias mundialmente entre novembro e dezembro, e tornou-se o álbum mais vendido dos EUA em 2017, com 1.200.000 de cópias.

Seu primeiro single, “Look What You Made Me Do”, possui um dos clipes mais caros da história, cheio de referências a suas eras antigas e polêmicas envolvendo outras celebridades. Entretanto, a recepção da crítica e do público foram inferiores à eras passadas, passando longe do #1 nas principais paradas e da aclamação dos principais portais de música.

Coincidência ou não, a partir do momento em que as cantoras começaram a falar direta ou indiretamente sobre a briga, suas carreiras entraram em declínio. Com o Witness, Katy quer falar sobre consciência social e lutar contra injustiças, enquanto Taylor fez do Reputation uma carta aberta sobre como se sente em relação à mídia.

Cerca de 5 anos após o início da desavença, a paz finalmente foi selada entre as duas. No dia 08 de maio de 2018, momentos antes do primeiro show da Reputation Stadium Tour, Taylor postou em seu Instagram uma carta com presentes recebidos de Katy Perry, sinalizando um pedido de desculpas.

katydesculpa

Muito já foi especulado sobre a chance deste desentendimento não passar de uma jogada de marketing para beneficiá-las, argumento que ganha uma certa notoriedade ao analisar alguns comportamentos, como Katy pedindo desculpas no dia em que Taylor marca seu retorno aos palcos. Até o momento as duas ainda não foram fotografadas juntas, porém este evento deve roubar a cena nas próximas premiações, como nos velhos tempos.

 

por Nerito Caldeira
Aluno do quarto período de Estudos de Mídia – UFF e membro do Clube do Vinil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s