“Like a Prayer” (Madonna) versus “Born This Way” (Lady Gaga) – Parte I

Com a proposta de analisar sempre que possível os melhores e mais famosos trabalhos feitos no mundo da música, chegou a hora do Clube do Vinil introduzir em seu repertório nada mais que a “rainha do pop” Madonna e seu álbum mais aclamado pela crítica e sucesso de vendas no mundo todo. “Like a Prayer” veio ao mundo para mostrar o potencial de um dos maiores ícones pop de todos os tempos, consolidando ainda mais a já invejável carreira da cantora.

10982751_962052667148749_5224832664668972460_o

Like a Prayer, quarto álbum de estúdio lançado pela Madonna em 1989, é considerado pela crítica do mundo inteiro como o melhor de sua carreira. A vida pessoal de Madonna já não era mais a mesma. O ano de 1988 trouxe muitos questionamentos, junto com a separação do seu primeiro marido, Sean Penn: a proximidade dos 30 anos; a família; a morte de sua mãe; e, é claro, a religião católica, tão presente desde sua infância. Esse amadurecimento se refletiu também no seu som, que destoou mais do pop convencional, flertando com o rock, soul e funk.

Depois de conquistar o mundo com trabalhos que lhe renderam ótimos lucros, Madonna aparecia agora com um lado mais intimista, mais obscuro e mais ousado, conseguindo assim mostrar pro mundo uma evolução como artista e como personalidade, conquistando sucesso de crítica e de vendas. O Álbum chegou ao posto de nº #1 em mais de dez países, vendendo ao redor do mundo mais de 15 milhões de copias, sendo 4,2 milhões somente nos EUA.

Para dar início a nova revolução pessoal e profissional, com sonoridade e letras maduras, Madonna mudou radicalmente seu estilo, trocando o clássico cabelo loiro por uma cabeleira de cor preta. Roupas mais despojadas e um visual mais humano e menos “diva”, fizeram a cabeça de todos os fãs e não fãs. Foi durante esta época que o colar de ‘crucifixo’ voltou a ser mania mundial, graças ao clipe da musica “Like A Prayer”. Foram lançadas ao todo 6 singles deste álbum. “Like a Prayer”, a faixa que abre o álbum homônimo, mistura música gospel com rock. A letra é ambígua e tanto pode se referir ao ato de rezar quanto ao ato sexual.

“Express Yourself”, música dançante e contagiante, a letra fala da valorização da autoestima da mulher, foi o 2º single do disco e muito bem sucedido, cujo videoclipe contou com uma mega produção, num orçamento de 2 milhões de dólares, sendo o vídeo mais caro da década de 80 e teve seu clipe inspirado no filme “Metrópolis”. “Cherish” foi o terceiro single do álbum e a canção mais alto-astral dele. Cada faixa em Like a Prayer tem sua identidade musical minuciosamente traçada, mas Cherish chega abrindo a segunda parte do trabalho com um sentimento completamente livre de grandes declarações.

“Oh Father”, que é o acerto de contas entre Madonna e seu pai, Tony Ciccone. “Dear Jessie”, essa faixa foi composta para homenagear Jessie, filha do produtor Patrick Leonard. E finalmente Keep It Together, que continua tratando de assuntos familiares, mas de uma maneira mais tênue. O R&B com influências funk se apoia em instrumentais mais sólidos.

Intimista, agressivo, polêmico e visionário são os principais adjetivos que cabem a este primoroso álbum, considerado por muitos como o melhor da Madonna (tanto pela crítica como para os fãs). Mais que um ícone de moda, de vendas e de polêmicas, a cantora antes conhecida por composições não tão profundas, apresentou ao mundo o seu lado mais artístico e virou referência em suas composições e produções. Como a própria disse a respeito do álbum: “Esse álbum é dedicado a minha mãe que me ensinou como rezar”. As orações foram todas atendidas.

Sem título

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s