O Grande Gatsby e a moderna trilha sonora de Baz Luhrmann

O Clube do Vinil está de volta no dia 23 de junho e pela primeira vez no projeto de escuta comentada, uma trilha sonora será analisada pelo seu contexto e produção. E a trilha escolhida foi a do filme O Grande Gatsby , adaptação do livro de F.Scott Fitzgerald, estrelada por Leonardo DiCaprio, Tobey Maguire e Carey Mulligan.

A trilha sonora foi produzida pelo Baz Luhrmann, diretor do filme também, e teve como produtor executivo ninguém menos que o Mr. Carter, mais conhecido como Jay-Z. O Bax é conhecido por seus filmes pela característica de misturar clássicos com elementos atuais, como em sua adaptação de Romeu e Julieta ambientada nos dias atuais mas com os diálogos da peça original. E na trilha sonora não seria diferente, nomes como Beyoncé, Lana Del Rey, Florence + The Machine, Jack White, estão na trilha

Essa parceria entre Jay-Z e Bax surgiu quando o diretor entrou na gravação de uma faixa do álbum Watch The Throne, de Jay-Z em parceria com Kanye West. Aí rolou, o diretor disse que a energia do Jazz naquela época equivale a energia do Hip-Hop hoje em dia, e que isso seria uma maneira de trazer a empolgação do público de agora como Gatsby fez tempos atrás.

Única música do álbum a se tornar single, Young and Beautiful, é interpretada por Lana Del Rey, que escreveu a música e gravou a demo para o relançamento do álbum Born To Die, que teria como subtítulo The Paradise Edition. Então diretor do filme escutou e disse “somos sortudos pela música ter encontrado um filme”. Ele estava certo, a música se encaixou perfeitamente para o romance tumultuado de Gatsby e Daisy.

O álbum possui rock, pop, eletrônica e jazz, e para quem conhece os filmes do Luhrmann, sabe que ele mistura elementos antigos com elementos atuais. Isso fica claro com algumas músicas que possuem samples de músicas de Jazz, como Bang Bang interpretada pelo will.i.am, que possui o sample de Charleston de James P. Johnson. Além disso, as músicas tentam expressar ao máximo o “feeling” dos acontecimentos do filme, como Over The Love do Florence + The Machine, que fala da perspectiva de Daisy sobre o romance e possui referências sobre o vestido amarelo da personagem.

Enfim, a trilha sonora de O Grande Gatsby é incrível, com artistas incríveis que só enriquecem a história de Fitzgerald, e o você está convidado para o Clube do Vinil, ou talvez, para mais uma festa do misterioso Gatsby, dia 23 de junho no IACS 2.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s