Dark Side Of Ney quebra recordes e leva psicodelia para mais de 100 presentes

10678634_773793776010501_7733431574571696023_n

Speak To Me tem, durante seu 1 minuto e meio, um pequeno elemento de cada faixa que virá a seguir. Então, entre os sons de helicóptero (que estarão em On The Run) e os gritos de Clare Torry (que estarão em The Great Gig In The Sky) acontece a transição para a suave melancolia de Breathe, que abre efetivamente o álbum.

Neste exato momento, Dark Side Of Ney também passou por uma transição: da abstração para a realidade. Em questão de minutos, uma ideia (pesadamente divulgada, diga-se de passagem) foi construída, uma sala de aula desconstruídapreenchida por 115 pessoas diferentes, e assim como Dark Side Of The Moon é não apenas o disco mais bem sucedido da carreira do Pink Floyd, mas da história do Rock, o conceito tornou-se não apenas o Clube do Vinil, mas o evento (deste porte) do curso de Estudos de Mídia mais bem sucedido.

O segundo Clube do Vinil do semestre foi um grande e absoluto sucesso, buscando a perfeição a cada instante e com atenção minuciosa aos detalhes. Mais do que uma escuta comentada, foi uma experiência única, que consolidando o que deu certo no passado e acrescentando um leque de novas ideias, apontou o caminho para o futuro do projeto.

10665241_10205149620766583_3307634121592548215_n
Você consegue dizer onde é o chão e onde é o teto nesta foto?

Festival clássico e moderno

A mudança estrutural da apresentação foi drástica em Dark Side Of Ney. Para começar, o evento foi transferido na última semana para a mais espaçosa e horizontal sala 306. As cadeiras tradicionais da universidade foram colocadas em segundo plano, embora ainda estivessem lá para quem as preferisse, e o formato tradicional de sala de aula foi desmontado para um evento baseado em um espaço aberto onde os fãs de Pink Floyd e Secos e Molhados deitaram em tapetes e apreciaram a psicodelia olhando para as luzes ‘no céu’, como se fosse o Woodstock .

Mas havia também um tom de Lollapalooza no Clube do Vinil, uma vez que esse velho romantismo estava aliado a uma variedade de coisas para se fazer e apreciar na noite. Os fãs podiam se pintar para sair nas fotos com um pouco da androgenia de Ney Matogrosso; ou mesmo, ao final do evento, posar para uma foto replicando a famosa capa das cabeças do primeiro álbum da banda brasileira.

A sala foi decorada dos pés a cabeça, com dezenas de pôsteres e imagens relacionados às duas bandas. A porta de entrada era uma saída do mundo acadêmico e uma entrada em um universo exclusivo de Secos e Molhados e Pink Floyd.

10404485_10205149619806559_8155123568075518529_nPsicodelia em 1973

O primeiro Clube do Vinil sem slides mostrou desde o início que o foco era na música.

Mesmo assim, houve espaço para relacionar os dois álbuns, inclusive com a absurda semelhança entre Primavera dos Dentes e Breathe – os álbuns foram gravados quase simultâneamente, a 10 mil km de distância um do outro, como é possível? Bem, vindo de uma banda que tem seu grande álbum, lançado em 1973, sincronizado com um filme infantil de 1939, tudo pode se esperar.

O Vira foi a faixa mais festejada dos Secos e Molhados, que entre outras, também tiveram o hit Sangue Latino tocado. Dark Side Of The Moon, além dos óbvios altos em TimeMoney, teve um momento intenso em Us And Them, quando a sala entrou em transe. O disco foi concluído com a classe e tristeza de Eclipse, mas retomado mais uma vez com o clássico esquizofrênico The Great Gig In The Sky.

Por fim, foi realizado um sorteio distribuindo cópias em CD dos dois álbuns para vários premiados, além da psicodelia, das memórias e das músicas presas na cabeça de cada integrante da centena que compareceu.

aa

Dark Side Of Ney foi bem como Dark Side Of The Moon; já tínhamos clássicos como The Piper, Ummagumma, Meddle, e Atom Heart Mother na nossa discografia; cada um com suas próprias forças e méritos, mas o Dark Side do Clube do Vinil, assim como o do Pink Floyd, veio e elevou tudo a outro nível.

E a melhor parte? Ainda temos nossos próprios Animals, Wish You Were Here e The Wall por vir.

Fiquem ligados na nossa página no facebook onde mais fotos serão postadas em breve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s