Quem são? Os 10 vinis mais vendidos da primeira metade de 2014

Com a retomada de popularidade do vinil, a maioria dos grandes artistas tem lançado seus últimos álbuns no formato, além de velhos clássicos sendo relançados. O site Pitchfork listou os 10 vinis mais vendidos no mundo até metade do ano de 2014, e o blog do Clube do Vinil te conta quem é quem na lista.

10 – “St Vincent” – St Vincent

File:St Vincent artwork.jpg

St Vincent é uma cantora americana de indie rock, e seu álbum homônimo é o quarto da sua carreira, saindo em Fevereiro deste ano. Aclamado pela crítica e considerado um de seus mais acessíveis, tornou-se o mais vendido da cantora tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido, embalado pelo single Birth in Reverse.

09 – “Salad Days” – Mac DeMarco

Lançado em Abril deste ano, Salad Days é o quarto álbum do canadense Mac DeMarco. Também indie e também aclamado pela crítica, Mac tem influências psciodélicas e do dream-pop. Os singles Passing Out Pieces, com seu vídeo inusitado, e Brother, comandaram o álbum.

08 – “Pure Heroine” – Lorde

A cantora neozelandesa foi uma das grandes estrelas do ano e seu primeiro álbum, que saiu em Setembro ainda de 2013, não passou em branco em vinil. Com mais da metade do álbum lançado em single, foi Royals tornou a menina de 17 anos em um fenômeno pop. A música de Lorde tem eletrônica minimalista e foco na sua forma peculiar de cantar.

07 – “Abbey Road” – The Beatles

The cover of Abbey Road has no printed words. It is a photo of the Beatles, in side view, crossing the street in single file.

O décimo primeiro álbum dos besouros saiu em 1969 e dispensa apresentações. Além da música revolucionária, o álbum mais antigo da lista tem uma capa que atrai consumidores até hoje – a rua virou um ponto turístico de Londres, recebeu inúmeras montagens na Internet e até mesmo uma lenda onde Paul McCartney estaria morto e um sósia estaria no seu lugar.

06 – “Legend” – Bob Marley and the Wailers

A coletânea de maiores hits da banda de Bob Marley é simplesmente indispensável para qualquer um com mínimo interesse em reggae. Com 25 milhões de cópias vendidas, é o disco de reggae mais vendido de todos os tempos e detentor de vários recordes, como suas 992 semanas seguidas nas paradas da Billboard comprovam. (perdendo apenas para The Dark Side of The Moon, do Pink Floyd, que teve 1574)

05 – “Born to Die” – Lana Del Rey

A light-skinned auburn-haired woman is dressed in a sheer white blouse and a red bra, and is staring forward before a blue-skied background. The words "Lana Del Rey" are placed above her, while the words "Born to Die" are placed beneath her, stylized in all capital letters.

Mesmo recebendo um meh da crítica e de muitos ouvintes, Lana Del Rey tem fãs fiéis. Prova disso é que seu álbum de dois anos atrás é o quinto vinil mais vendido do ano. Lana faz um som deprimido e hipster-friendly, sendo denominado por ela mesma de “sadcore”. Foi impulsionada por singles como Blue Jeans, Video Games e a faixa título.

04 – “Turn Blue” – The Black Keys

O oitavo álbum do duo que é aclamado pelo seu garage rock cheio de influências do blues não decepcionou a crítica e os fãs. Fever foi o primeiro single do álbum que ficou no topo da Billboard em Maio deste ano. O também aclamado produtor Danger Mouse (The Grey Album, Gorillaz, Beck, The Good The Bad And The Queen) produziu mais uma vez o duo.

03 – “Morning Phase” – Beck

Após 6 anos sem lançamentos graças a uma lesão na coluna, Beck voltou em 2014. Um artista que experimenta tantos gêneros que a cada lançamento leva funcionários de lojas de discos ao desespero, no novo trabalho descansou no folk – o álbum é considerado uma “companhia” ao seu aclamado disco de 2002, Sea Change. Como este e praticamente qualquer outro trabalho seu, foi aclamado pela crítica. Blue Moon foi a primeira música apresentada.

02 – “AM” – Arctic Monkeys

Lançado em Setembro do ano passado, AM é o quinto álbum da banda indie mais mainstream do mundo. Aprovado pela crítica e satisfazendo novos e velhos fãs, AM foi mais um massivo sucesso dos monkeys e teve super hits como R U Mine?, Do I Wanna Know? e Why’d you only call me when you’re high?. Sim, eles estão obcecados com títulos interrogatórios em suas músicas.

01 – “Lazaretto” – Jack White

Lazaretto foi lançado semanas antes da lista ser formulada e mesmo assim atingiu o primeiro lugar. Ele é não apenas o vinil mais vendido de 2014, mas o que vendeu mais em seu lançamento desde Vitalogy, do Pearl Jam, em 1994, com 40 mil cópias na primeira semana. As vendas do álbum em vinil rivalizaram de perto com as de CD, atingindo 28,9% das vendas contra 30% do compact-disc. Versões especiais com faixas extras, vinil azul e outros extras representaram parte do apelo do álbum que apresentou talvez melhor lançamento neste formato nos últimos tempos. O segundo álbum solo do ex-líder do The White Stripes foi embalado por sua faixa título, que já estava disponível desde Abril.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s